Foto: SunKids/Shutterstock

O forninho elétrico é uma ótima pedida para fazer aquele sanduíche especial entre as refeições, mas engana-se quem pensa que esta é a sua única utilidade. Versátil e fácil de usar, o eletroportátil é a escolha ideal para preparar diversos tipos de assados com praticidade e controle de temperatura. Quer transformá-lo em seu grande aliado? O blog dá as dicas.

Temperatura certa e bem distribuída

“Eles chegam a boas temperaturas e são mais econômicos que os fornos tradicionais, ocupam menos espaço e ainda podem fazer preparos em graus menores, como 60, 80 e 90 °C, que são difíceis de conseguir com uma versão a gás. Além disso, todos trazem o timer e desligam depois do tempo programado, o que permite fazer outras tarefas da casa sem medo de queimar”, explica o chef Alan Datorre, da Academia Gourmet.

“Além da precisão, outra vantagem é o fato da serpentina pegar todo o aparelho, o que ajuda a distribuir bem o calor para que o cozimento seja uniforme. Muitas vezes, ao assar um bolo no forno convencional notamos que um lado queimou e o outro ficou perfeito, e isso é um reflexo da diferença de aquecimento que é muito comum”, conta.


Foto: Brent Hofacker/Shutterstock

A hora da escolha

Ter um forninho em casa é uma excelente opção para dar mais sabor ao dia a dia, mas com tantos tamanhos disponíveis, qual comprar? “Para quem quer usar para além do sanduíche indico pegar tamanhos que estejam próximos ao do micro-ondas, entre os 12 e 20 litros. Assim você consegue assar uma grande diversidade de pratos, como uma fornada inteira de pães de queijo ou até muffins e bolos”, aconselha.

O que preparar no seu forninho

Antes de saber o que colocar no seu eletroportátil, é útil entender que ele funciona de duas formas diferentes: uma para cozinhar os alimentos por dentro, e outra para dourar ao mesmo tempo em que assa. “Quando acionamos apenas a serpentina inferior temos o cozimento interno, ótimo para preparar um muffin, por exemplo. Já com a superior e inferior ligadas juntas você vai conseguir tostar rapidamente – dourando em maior velocidade que o forno a gás”, esclarece.

Outro ponto importante é o tamanho dos seus preparos, já que, de acordo com o chef, o melhor é optar pelo aparelho quando quiser preparar porções pequenas, como uma forma de cupcakes ou uma bandeja de pães. “Apesar de o aquecimento acontecer de maneira mais lenta – o que vai pedir um tempo maior de pré-aquecimento – ele pode preparar tudo o que um forno comum faz, como bolos, muffins, tortas doces e salgadas, pães e biscoitos. Só não é recomendado carnes, pelo volume ser grande. É realmente versátil”, completa.

Limpeza

A limpeza do forninho é muito prática. “Os mais atuais costumam não grudar demais ou pegar cheiro, então essa é outra vantagem”, explica. O chef diz, ainda, que basta tomar um pequeno cuidado quando algo derramar ou grudar na assadeira: “É só desligar da tomada, deixar esfriar e passar uma buchinha macia com sabão neutro onde tiver derrubado alimentos”.

Deixe a cozinha mais prática! Compre o seu forninho elétrico aqui