Verão é sinônimo de praia, de conversa à beira da piscina e muita disposição para atividades ao ar livre. As mesmas altas temperaturas que propiciam tudo isso, no entanto, podem ser um incômodo nos momentos de descanso dentro de casa, não é?

O aparelho de ar condicionado certo pode ser um excelente aliado para controlar o calor nos ambientes fechados. Quer escolher o ideal para as suas necessidades e desfrutar o conforto de um lar climatizado? O blog te ajuda:

Calculando a potência necessária

Antes de comprar um ar-condicionado, é preciso verificar se ele tem a capacidade necessária para refrigerar o cômodo onde será instalado.

A potência de refrigeração desses equipamentos é medida em BTUs. A rigor, quanto maior o ambiente, maior a potência exigida. Além disso, a quantidade de aparelhos eletrônicos e de pessoas que costumam ficar no cômodo também deve ser levada em consideração.

Faça o cálculo abaixo para determinar qual é a potência em BTUs necessária para refrigerar o seu ambiente.

Agora que você já sabe qual a potência necessária para deixar o seu quarto ou sala refrigerados, é preciso escolher o modelo do aparelho.

Conheça os diferentes tipos de ar-condicionado e suas características.

JANELA

Esse é o modelo mais tradicional de ar-condicionado. Como a condensadora e evaporadora ficam em um único aparelho, a instalação não requer passagem de dutos, embora seja necessário maior espaço para acomodá-lo em janelas ou paredes.

É indicado para ambientes pequenos, como dormitórios.

PORTÁTIL

Ideal para residências onde não é possível realizar reformas, já que não exige instalação. Basta ligá-lo na tomada e encaixar um duto flexível em uma janela próxima. Pode ser movido para diferentes cômodos já que conta com rodinhas para deslocamento.

É recomendado para a climatização de pequenos ambientes, com até 20 m².

SPLIT PAREDE

O ar-condicionado split é divido em duas partes: enquanto a unidade evaporadora, que é instalada dentro do cômodo e distribui o ar refrigerado pelo ambiente; a unidade condensadora, localizada no lado externo da casa ou apartamento, é responsável por refrigerar o ar.

As duas unidades se conectam por uma tubulação, que passa por dentro das paredes. Por isso, o procedimento de instalação deve ser feito por profissionais especializados.

A emissão de ruído é baixa, já que a unidade condensadora fica na parte de fora da casa.

Outra vantagem é que o aparelho tem dimensões reduzidas, permitindo a instalação na parede sem comprometer a decoração. É ideal para quartos e salas com até 40 m².

SPLIT PISO TETO

Tem funcionamento semelhante ao split parede, mas a unidade evaporadora é instalada no chão ou no teto.

Esses modelos costumam ter potência mais alta e, por isso, são indicados para a refrigeração de cômodos amplos, como salas e corredores.

Como é mais potente que os tradicionais, a emissão de ruído é mais alta.

SPLIT CASSETE

Como os outros modelos de ar-condicionado split, tem a condensadora e evaporadora separadas. A unidade interna é instalada sobre o teto e, por isso, exige um forro de pelo menos 21 centímetros de altura.

Silencioso e potente, o modelo é indicado para refrigerar espaços amplos, como salas com até 60 m². Outra vantagem é que o ar climatizado é distribuído uniformemente pelo ambiente.

 MULTI SPLIT

O ar-condicionado Multi Split climatiza vários cômodos utilizando apenas uma unidade condensadora, instalada na área externa da residência, e múltiplas unidades evaporadoras, colocadas dentro de casa.

É ideal para quem deseja climatizar vários ambientes, mas tem restrição de espaço na área externa.

A conexão entre a unidade condensadora e os aparelhos evaporadores é feita por tubos que passam por dentro das paredes. Por isso, o procedimento de instalação deve ser feito por profissionais especializados.

Compre agora o ar-condicionado perfeito para você. Clique aqui.