Foto: Dariusz Jarzabek/Shutterstock

Esqueça as paredes! Se a ideia é dar vida aos ambientes, vale a pena apostar em uma das maiores tendências do ano: os tetos coloridos. Modernos, criativos e cheios de personalidade, eles podem ser a escolha certa para transformar a sua decoração de maneira prática e segura. O blog traz as dicas para aderir sem erros.

“Os tetos coloridos estão por toda a parte, desde liso, apenas com tinta ou revestimento, até com texturas. As opções são infinitas e vão muito do gosto pessoal. Vale dizer que esse é um recurso que existe desde a época do Renascimento, mas agora ele está de volta com muita força por ser um elemento que traz ousadia sem muito gasto”, explica a arquiteta Karina Korn.


Foto: Zastolskiy Victor/Shutterstock

Escolhendo a cor

A escolha da cor deve levar em conta não só a sua personalidade e o restante da decoração, como também o tamanho e luminosidade do seu espaço. “Quando colocamos cores escuras em espaços pequenos e pouco iluminados nós podemos acabar diminuindo ainda mais o espaço – dando até uma sensação de ser claustrofóbico. Nesse caso, o melhor é optar por cores mais claras, desde o cinza até o colorido de fato. Os tons pastel, por exemplo. vão funcionar em qualquer local e não costumam chocar. Por outro lado, o teto escuro dá aconchego e deixa o local intimista, então pode funcionar se você tiver boa luz ou área”, conta.


Foto: Photographee.eu/Shutterstock

Na medida certa

Se antes era comum pintar todas as paredes e o teto com a mesma cor, agora a ideia é mesmo diferenciar – dando um destaque especial à ele. “Quando pintamos o teto é mais interessante manter as paredes brancas ou pintar apenas uma única com a mesma cor, o que dá uma sensação de continuidade que é muito legal”, revela.


Foto: Zastolskiy Victor/Shutterstock

Você tem conceito aberto? Então também é possível trazer o teto colorido para criar divisões: “A decoração fica muito criativa e cheia de personalidade, e dá muito certo usar as cores no teto para separar áreas fisicamente. Você pode pintar a cozinha de uma cor, deixar sala de jantar em branco e trazer outra para a sala de estar, por exemplo”, indica.


Foto: PlusONE/Shutterstock

Capriche na iluminação

Quando o teto está pintado os olhares são automaticamente direcionados para cima, aumentando a necessidade de investir em uma boa iluminação: “É necessário pensar mais e dar um destaque maior para ela. Todos os olhares vão para o topo e isso causa um impacto que é muito legal, então é bom trazermos pendentes bonitos ou luzes especiais”.