Foto: Rawpixel.com/Shutterstock

A praia é um dos cenários mais paradisíacos para a cerimônia de casamento – mas para explorar todo o potencial e garantir que a sua festa seja como sempre sonhou é preciso estar atenta aos detalhes. Saiba o que levar em conta na hora de decorar para ter um resultado incrível e livre de surpresas indesejadas.

Convidados: o início de tudo

O primeiro passo para acertar na decoração é pensar em seus convidados – tanto na quantidade, quanto em suas personalidades. “A proposta da festa e quem são os convidados é o início de tudo, uma lista essencial para avaliar quantas pessoas teremos que acomodar sentadas, definindo mesas e tipo de jantar, e até quanto precisamos de fato decorar o espaço escolhido”, explica a organizadora de casamentos Suzana Freira, especialista em festas de luxo.


Foto: kireewong foto/Shutterstock

Adeque o estilo

No geral, casamentos na praia tem um ar mais descontraído e leve, uma maneira de aproveitar o cenário natural sem que a decoração dispute a atenção. “O que mais combina é o estilo um pouco mais rústico, com detalhes charmosos em madeira e flores coloridas. A possibilidade de brincar com as cores é maior do que em um salão de festas e fica muito interessante, fugindo um pouco do clássico e dos tons pastel”, revela.


Foto: mambographer/Shutterstock

Pense no plano B

Uma das maiores dificuldades com os casamentos na praia é o clima, algo que não pode ser garantido. “Temos que considerar que pode chover no dia. Um dos grandes segredos é escolher uma época do ano com tempo firme, já que no verão, por exemplo, é quase certo ter chuvas no final da tarde. A região do país também conta, porque temos locais em que a probabilidade é menor dependendo do mês. Mesmo assim, é bom analisar bem o local escolhido e ver se ele permite a criação de uma tenda sem perder o charme. O decorador já deve deixar essa cobertura orçada para que seja colocada caso necessário”, conta.

Planejando as flores

Planejar bem a escolha das flores é outro detalhe essencial, já que nem todas as espécies lidam bem com a exposição ao sol e calor. “Elas precisam ser muito bem escolhidas e ter uma programação inteligente, montando bem perto do horário da cerimônia para evitar ao máximo essa exposição prolongada. Pesquise espécies que duram mais. Em linhas gerais, as flores que são naturais daquele mês ou temporada são as melhores opções, porque já estão mais preparadas para o clima e ainda saem mais em conta”, aconselha.


Foto: Ekaterina Lin/Shutterstock

Acerte no layout

A distribuição dos espaços de mesas e locais de descanso também é bastante importante para conseguir um resultado harmônico – e, na praia, o ideal é optar por mais movimento: “Geralmente preferimos ter menos mesas e apostar mais em lounges com pufes. Aposte em lugares rotativos, sem se preocupar com mesas e cadeiras para todos sentarem ao mesmo tempo, para que a festa tenha mais fluidez e esse clima gostoso de praia”.


Foto: Space_Cat/Shutterstock

Detalhes que fazem a diferença

Apesar de cores vibrantes serem um grande sucesso nas flores, o altar precisa ser pensado com um pouco mais de cautela e leveza. A profissional indica utilizar tons claros, que vão complementar a areia e o mar sem tirar sua beleza. “Também é tendência que todos os padrinhos e madrinhas usem branco ou cores claras para trazer a sensação de boas energias – as fotos ficam lindas. Já para a iluminação, aproveite os varais de luzinhas que dão um charme incrível”, completa.