Hall de entrada precisa ser prático e agradável. Foto: Pixel-Shot/Shutterstock

A pandemia foi responsável por mudar diversos comportamentos, e, com eles, surgiu a necessidade de repensar um espaço que muitas vezes era deixado de lado: o hall de entrada. A designer de interiores Thatiana Mello, do Corradi Mello, dá as dicas para ter mais praticidade e estilo neste que pode ser considerado o cartão de visitas da casa.

Mais praticidade e organização

Itens como sapatos, máscaras, guarda-chuvas, chaves e óculos são fáceis de acumular sobre mesas e outros locais indesejados da casa – um problema que pode ser deixado para trás quando o hall é bem planejado. “O hall hoje precisa ter um piso frio, que vai permitir uma higienização mais prática, uma iluminação adequada, que vai te ajudar a acessar tudo o que precisa com mais facilidade, e lugares planejados para organizar tudo isso que se tornou essencial“, explica.

Verticalizar é uma boa pedida para halls pequenos. Foto: New Africa/Shutterstock

Otimize o espaço

Mesmo com pouco espaço, é possível apostar em móveis e acessórios versáteis para guardar tudo o que você precisa e tornar a rotina mais prática. “Se o seu hall de entrada é pequeno vale trazer ganchos bonitos para as suas máscaras, álcool e chaves, que ocupam pouquíssima área. Para os sapatos, podemos usar uma sapateira mais alta do que longa, uma estante fina, prateleiras e nichos ou apenas cestos ao lado da porta – o importante é usar a criatividade para conseguir armazená-los sem que fiquem jogados”, aponta.

Hall permite mais criatividade com as cores. Foto: Ursula Page/Shutterstock

Crie ligações com o restante da casa

Outra dica na hora de decorar o seu hall é apostar em cores e estilos que combinem com a sua personalidade e com o restante da casa, mesmo que ele não permita a visualização direta de outros ambientes. “O hall funciona praticamente como uma prévia do que você vai encontrar naquela casa, então é importante que ele converse com a decoração como um todo. Sempre indico deixar as paredes neutras, mas trazer a paleta que você tem em outros cômodos em um móvel, uma tela ou em objetos menores de decoração”, indica.

Você não abre mão de cor nas paredes e quer uma decoração mais moderna? É possível ousar criando uma parede de destaque, pintando meia parede ou mesmo criando um mural. Nesses casos, a dica é escolher um tom iluminado, que não vai fechar o espaço e dar a sensação de que ele é ainda menor.

Quadros, fotos, almofadas e pequenos objetos ajudam a dar mais charme. Foto: Shutterstock

Não se esqueça dos elementos de decoração

E, claro, já que ele é o seu primeiro contato com a casa, nada melhor do que decorá-lo com elementos que adornem e imprimam o estilo de todos que moram ali, mesmo que sem exageros: “Nós não precisamos ter muitos elementos, pelo contrário – bastam poucos itens, mas que tenham sido escolhidos com carinho e cuidado. Bons objetos para dar mais charme são o espelho, que amplia e ilumina o ambiente, além de permitir que você se arrume antes de entrar ou sair, telas e gravuras e as arandelas de parede ou luminárias, que deixam a decoração muito bonita, além de serem funcionais. Quando conseguimos unir estilo e propósito, o resultado é muito mais interessante”.