Foto: YARUNIV Studio/Shutterstock

Os queijos estão entre os alimentos mais apreciados em todo o mundo – seja como entradinha naquele jantar especial, ou como ingrediente em pratos incríveis. E para quem é fã dessa iguaria que tem tudo a ver com o inverno, contar com as facas ideais vai muito além da estética: torna também a degustação mais prática. Conheça mais sobre cada uma.

Foto: New Africa/Shutterstock

Serrilhada

A faca serrilhada com a ponta bifurcada é a melhor opção para cortar queijos de casca dura, como o emental, edam e provolone. A ponta bifurcada é utilizada para espetar e servir o queijo logo após o corte.

Foto: Oleksandr Yakoniuk/Shutterstock

Furada

Não é apenas estética: as facas com furos na lâmina evitam que os queijos mais macios despedacem ou grudem na lâmina enquanto você corta, feitas especialmente para opções cremosas como o brie e o camembert.

Foto: mama_mia/Shutterstock

Faca afiada

Pequena e bem afiada, essa faca é uma das mais tradicionais em jogos para servir queijo. Ela é usada principalmente para cortar aqueles queijos bem duros e servidos em pedaços menores, como o parmesão. A ponta é usada para quebrar em lascas.

Foto: Ilja Generalov/Shutterstock

Espátula

Parecida com uma espátula, essa faca com ponta afiada é facilitam o corte dos queijos macios e fáceis de fatiar, como gorgonzola, muçarela e camembert.

Foto: Narsil/Shutterstock

Tradição

Bastante conhecida nos lares brasileiros, essa faca é uma ótima pedida para fatiar queijos em cortes finos e precisos, sejam eles macios, semiduros ou duros.