Vencer obstáculos, se desafiar dia após dia e, acima de tudo, praticar algo que você gosta faz parte da rotina do atleta profissional. Muitos até desejam ter esse gostinho que o esporte proporciona, mas esbarram na correria do dia a dia ou não sabem nem por onde começar.

E, se este é o seu caso, fique tranquilo: existem várias maneiras de iniciar a prática mesmo sem seguir carreira. Aproveitando o Dia do Atleta Profissional, o educador físico, mestre em treinamento desportivo, Vinícius Lima, revela dicas cinco dicas para acertar na escolha da modalidade e começar a se exercitar!

Foto: BGStock72/Shutterstock
Conheça o seu corpo

De acordo com Vinícius, antes de qualquer coisa, é essencial realizar um check-up completo ou uma avaliação física. “Os resultados conseguem detectar possíveis problemas de saúde ou condições que possam te colocar em risco”, explica.

Isso também ajuda o profissional na hora de adaptar os movimentos e garante a criação de um treino personalizado, seguro e que atenda às suas necessidades. “Gosto sempre de lembrar que, independente da atividade, sempre há uma maneira de adaptar o exercício. Por isso é importante estar com os exames em dia e conversar com o instrutor. Às vezes você tem vontade de praticar determinado esporte e nunca nem tentou por já ter uma lesão ou achar que não é capaz”, completa.

Procure uma atividade que, de fato, te dê prazer

O segredo está na escolha. “Quando você pratica por obrigação ou pensa somente no resultado, a tendência é desistir, já que você não consegue estabelecer uma relação e curtir aquele momento. É essencial escolher algo que combine com você ou desperte seu interesse, existem modalidades para todos os perfis”.

Foto: Dragana Gordic/Shutterstock

É do time dos mais tranquilos? Segundo o educador, para esse perfil o ideal é optar por exercícios mais calmos como yoga ou pilates, que relaxam, desenvolvem o alongamento, fortalecem a musculatura e trabalham bastante a respiração. Já para os mais agitados, funcional e HIIT costumam ser boas escolhas – são treinos mais intensos, animados e exigem fôlego e movimentação constante, ótimos para queimar calorias.

Há também opções mais dinâmicas e inusitadas, como circo, pole dance, boxe e dança, em que você aprende técnicas e tem experiências totalmente diferentes.

Estabeleça (pequenas) metas

Dê um passo de cada vez. Se você está começando, não espere a flexibilidade de um acrobata ou a disposição de um superatleta. “Um dos principais erros ao iniciar uma atividade, é se comparar com outras pessoas ou estabelecer objetivos muito grandes. Ao fazer isso, você se frustra, porque não enxerga os ganhos do dia a dia”, diz Vinícius.

Defina objetivos fáceis de serem cumpridos, como se propor a caminhar por dez minutos, depois por duas vezes na semana. Aos poucos, aumente os desafios: tente fazer o mesmo trajeto em menos tempo ou por mais dias consecutivos. “Após criar o hábito, você vai evoluir e sentir que pode avançar”, completa.

Use a tecnologia a seu favor
Foto: NTYS20/Shutterstock

Planeje seus dias de treino, coloque lembretes no seu celular e aposte em apps que vão te auxiliar nessa nova rotina. Existem diversos aplicativos de música, que trazem playlists para os mais variados gostos e atividades; saúde e fitness, com aulas virtuais e programas completos de treino; ou até mesmo de motivação para continuar se exercitando. Segundo o especialista, smartwatches e smartbands também são ótimos aliados para quem quer monitorar os batimentos, acompanhar o gasto calórico e ficar de olho no desempenho para se sentir motivado.

Deixe a atividade mais agradável

Assim como a escolha da prática, o ambiente também precisa ser prazeroso. “Ouvir músicas que você gosta e se exercitar com trilhas mais calmas ou agitadas fazem toda a diferença”, ressalta.

Foto: Prostock-studio/Shutterstock

Outra dica é levar amigos e familiares para treinarem com você. Boas companhias, além de ajudar no comprometimento, tornam o momento mais prazeroso.

Na falta de parceria, Vinícius sugere: “Busque comunidades. Você pode encontrar pessoas com o mesmo gosto que você e ainda fazer novos amigos. E, claro: se você prefere ficar na sua e se exercitar sozinho, aproveite o momento só seu”.