Foto: Prostock-studio/Shutterstock

Você sabia que o tipo de pente ou escova pode impactar a beleza dos seus cabelos e até amenizar problemas como a quebra e dificuldade de desembaraçar? Para fazer a melhor escolha, a tricologista Viviane Coutinho indica as opções mais adequadas para cada tipo de fio.

Os tipos de pentes

Dentes largos

Pentes com dentes largos são ideais para desembaraçar os cabelos crespos, ondulados ou com fios grossos, evitando atrito e agressões. “É preciso se atentar que os cabelos devem ser desembaraçados no banho com a ajuda de um creme para pentear, mas sem o uso do pente (só com as mãos). Fazer o processo com os fios totalmente encharcados pode quebrá-los, assim como com eles totalmente secos”, explica.

Dentes finos

Perfeitos para os cabelos lisos ou levemente ondulados, eles também são boas escolhas para fazer penteados. “Mas, para isso, use sempre com fios úmidos, já que o pouco espaço entre os dentes do pente pode agredir os fios se eles estiverem secos”, completa.

Foto: puhhha/Shutterstock

Pente de madeira

Bastante populares, os pentes de madeira podem ser utilizados por todos os tipos de cabelos, ajustando apenas o espaçamento dos dentes. “Ele ajuda a combater o frizz. Ao contrário do modelo de plástico, ele ajuda a eliminar a eletricidade estática do cabelo, que causa o arrepio”, conta.

Pente jacaré e pente garfo

Segundo a especialista, o pente jacaré – que tem dentes que lembram o formato de “gotas” – pode ser utilizado em cabelos lisos e ondulados, porque ajuda a dar volume. Já o garfo é uma boa pedida para os crespos. “Ele ajuda a acentuar e valorizar o volume das madeixas e cria um efeito visual cheio de empoderamento e personalidade. Vale lembrar que ele não deve ser usado para desembaraçar, os fios já devem estar desembaraçados e secos”, adverte.

Foto: Sergey Mironov/Shutterstock

As escovas

Já quando o assunto é escovas, as redondas são perfeitas para modelar os cabelos, principalmente durante o uso do secador. Chapadas são opções para desembaraçar fios longos e volumosos, vazadas permitem uma maior circulação de ar para fazer a secagem (mas sem estilizar) e a raquete, com cercas mais flexíveis, é versátil e pode desembaraçar todos os tipos de fios.

Limpando seus pentes e escovas

Fazer a higienização do seu pente ou escova é outro cuidado importante para manter a saúde capilar em dia, então lembre-se de fazer isso com frequência. “As escovas acumulam poeira, oleosidade, resíduos de produtos e células mortas, o que torna o ambiente favorável ao crescimento de ácaros, bactérias e fungos que podem gerar problemas como caspa, dermatite e outras doenças”, esclarece.

Limpe pelo menos uma vez por semana retirando os fios presos (caso esteja difícil, puze com a ajuda de um palito de dentes ou pente fino), e deixando de molho em uma solução com água morna e detergente neutro ou xampu. Finalize deixando secar naturalmente ou utilizando o secador de cabelos.