Foto: Shutterstock

Gerenciar o tempo é um dos maiores desafios do home office, afinal, com trabalho e vida pessoal convivendo lado a lado, é fácil se perder entre as inúmeras tarefas e ver os seus dias renderem menos nos dois aspectos. Para te ajudar a equilibrar melhor as atividades e ter mais produtividade, o coach Francisco Almeida dá dicas de como organizar melhor a rotina.

Adeque o seu espaço

Uma das grandes dificuldades é encontrar um espaço que possa ser dedicado totalmente ao trabalho. “Um dos principais fatores de alta performance é o foco, e nós entendemos que ele é como um combustível e existe em tudo o que você faz. Nós precisamos saber se o foco está sendo bem direcionado, e em um ambiente de home office acabamos tendo muita competição entre diferentes coisas que puxam e desviam esse foco. Mesmo que você não tenha um cômodo extra, ter uma mesa bem organizada e limpa já te dá indícios mentais de um ambiente de trabalho e te ajuda a manter a atenção nas tarefas profissionais”, explica. 

Foto: gpointstudio/Shutterstock

Liste as suas atividades

Uma boa maneira de não se perder e acabar deixando tarefas importantes de lado para descansar ou cuidar de assuntos da casa é fazer uma lista de tudo o que você precisa realizar no seu dia – uma tarefa simples, mas que faz toda a diferença no seu foco. “O que eu sempre recomendo é tirar um tempo no começo do dia para fazer isso, assim você visualiza e compreende bem quais são as suas missões. Já entendendo o que temos que fazer, mesmo com o cenário extra trabalho que está em volta, nós conseguimos focar melhor em realizar essas tarefas. Seja realista no que é possível fazer em uma única jornada e siga dessa forma, Coloque na mesa e vá riscando conforme for executando, porque isso afeta a disciplina e você sente que está realizando o que precisa”, aconselha. 

Divida o seu tempo

Mesmo com a lista, você tem dificuldades para desligar do trabalho na hora certa ou para lidar com tarefas da vida pessoal? Calma, existe uma fórmula de tempo – a 70-20-10 – para calcular melhor o tempo que será gasto com cada item. “Nós temos que dividir o tempo entre urgente, supérfluo e importante. Os três são necessários, mas eles têm medidas diferentes. Importante é tudo aquilo que você não pode deixar de fazer, e isso inclui almoçar e desligar na hora correta, urgente é o que surge inesperadamente ao longo do dia e precisa ser resolvido e supérfluo são atividades menores e momentos de descanso como conversar com a família, checar mensagens pessoais ou tomar o seu café. Faça essa relação e dedique 70% do tempo para o importante, 20% para o urgente e 10% para o supérfluo. Essa fórmula é muito utilizada e realmente funciona bastante para ser mais produtivo”, conta. 

Foto: Roman Samborskyi/Shutterstock

Comece pelo que é mais trabalhoso

É muito comum começar a realizar a sua lista de tarefas da mais fácil para a mais complicada, o que acaba apertando o cronograma e dificultando a realização do que seria prioritário. “Nós tendemos a fazer as coisas mais fáceis primeiro e deixar aquelas importantes, que demandam mais, para mais tarde, mas isso é um grande erro. Quando você elimina as questões mais complexas a rotina vai ficando mais tranquila ao longo do dia, você está mais descansado e focado para o que é pesado e você se sente melhor mentalmente para gerir bem o seu tempo com o que é secundário”, recomenda. 

Reserve um dia para o pessoal

Com toda a família em casa, é comum acabar tendo que separar mais tempo para organizar bem essa rotina, fazer faxina e outros cuidados que também demandam o seu tempo e são tão importantes quanto o trabalho – e, acredite, isso não precisa ser um problema. “É muito importante conseguir gerir a sua jornada de trabalho com a pessoal, principalmente agora que tudo está misturado. Esse é o momento de não se cobrar tanto para não viver nessa constante agonia de não gerenciar a casa corretamente ou não trabalhar tanto quanto deveria. Se você sabe quais são as atividades mais importantes na sua semana, pode se organizar para realizá-las primeiro e deixar apenas o que é mais simples para a sexta-feira, assim você fica mais livre para cuidar da vida pessoal e coloca o trabalho em stand-bye, resolvendo apenas o que surgir de urgente”, esclarece.

Aprenda a delegar

Você costuma carregar todas as tarefas, sejam profissionais ou pessoais? Então talvez seja a hora de relaxar e moldar esse comportamento: “Nós precisamos aprender a delegar o que pode ser delegado, tanto no trabalho, quanto na vida pessoal. Divida tarefas que podem ser divididas para gerenciar melhor o seu tempo e ter mais foco naquilo que realmente não pode ser feito por outra pessoa. Também é importante aprender a falar não, já que muitas vezes, quando estamos em casa, acabamos cedendo à pedidos da família ou amigos que não poderiam ser realizados naquele momento”.