Foto: Freepik.com

Um dos formatos de celebração que mais vem ganhando espaço no universo dos casamentos é, sem dúvida, o mini wedding. Veja como realizar!

Foto: Freepik.com

Primeiramente, mini significa menos, menor, porém, sem perder todo o glamour e os sonhos de um casamento.

Com um tamanho menor, que vem da própria tradução, o Mini Wedding abre possibilidades de pensar em um ‘grande dia’ para poucas pessoas, com um orçamento menor, mas mantendo a exclusividade e unicidade do casal nos detalhes.

Foto: ALOHA FOTOGRAFIA

Dúvidas frequentes sobre mini wedding

Qual o significado de mini wedding?

No geral, um formato de casamento pensado para poucos convidados caracteriza o Mini Wedding. Para Bia Banzato, da Violeta Decorações, basicamente, o processo não muda muito. “Não muda muita coisa de um casamento normal, pois, a gente precisa produzir elaborar o projeto com uma quantidade reduzida de móveis, de convidados… Isso acaba sendo uma opção para quem quer festejar e celebrar com beleza e sofisticação, investindo um pouco menos”, conta a decoradora.

Quantas pessoas há em um mini wedding? Sobre o número de convidados, Roberta Canuto, uma das sócias da empresa de assessoria Casa de Dois, explica que ele varia de 30 até 80 pessoas e, claro, costuma ter uma ambientação mais aconchegante e intimista. “No entanto, precisamos entender que os custos por convidado tendem a aumentar, pois a operação se mantém a mesma de um casamento tradicional”, afirma Roberta.

Quanto custa um mini wedding?

É notável que, cada vez mais, as noivas estão optando pelo formato do Mini Wedding por conta da possibilidade de personalização de cada área da cerimônia por um preço menor, mesmo que o preço por convidado aumente. Uma média de custos: “O valor por pessoa em um Mini Wedding aumenta, por conta dos custos fixos. O que em um casamento maior fica cerca de 1.500 reais por pessoa, em um casamento menor pode ficar em torno de 2.000 por pessoa”, exemplifica Roberta. No entanto, o lado intimista é o que conquista, como ressalta a CEO do Portal da Serra, Claudia Matarazzo.

No Lejour, possuímos opções de mini wedding para até 100 pessoas com o valor de R$30.000,00. Confira!

Como planejar um mini wedding?

Um mini wedding deve manter a organização de um casamento tradicional, afinal, envolve convidados, alimentação, música, espaço. Enfim, uma série de profissionais. Baixe aqui o checklist do casamento Lejour que poderá ajudar nos preparativos.

Casamento na pandemia

Antes de mais nada, um formato menor, teoricamente, ajuda a aglomerar menos e a fazer com que os casamentos sejam mais ‘viáveis’ em tempos de pandemia.

Foto: Freepik.com

No entanto, tudo dependerá da atual fase de classificação da cidade em que a cerimônia acontecerá, por isso, é legal que os noivos sentem para conversar entre si e com seus fornecedores para estabelecer as melhores estratégias para o momento.

Porém, dependendo da classificação de fase da pandemia, as festas são permitidas, mas com algumas restrições e protocolos à serem seguidos, dentre eles:

  • Mesas produzidas com distanciamento social entre os convidados
  • Disponibilização de álcool em gel sobre as mesas
  • Em áreas comuns, distanciamento entre cadeiras, para o momento da cerimônia
  • Formato do buffet servido por funcionários e não pelo convidado

Como organizar

Anteriormente, todos os especialistas afirmam que não muda muita coisa na organização de um mini wedding para um formato tradicional, com mais pessoas.

“As pessoas não entendem que o mini wedding possui as mesmas etapas de organização que um casamento tradicional. Para a assessoria, o trabalho é o mesmo, mas têm muitos casais que acreditam que o formato vai agilizar as coisas”, diz Roberta.

Por isso, procure já ter em mãos a lista de convidados, os lugares que o casal quer (praia, campo, cidade), as disponibilidades financeiras e quais são os detalhes mais importantes e que não podem faltar no ‘grande dia’.

“O espaço não pode ter um tamanho desproporcional para a quantidade de pessoas que deseja convidar. É legal pensar na lista com muito carinho, núcleo familiar e amigos realmente próximos. E, claro, imaginar a disposição do layout da festa com ar de acolhimento, aconchego e proximidade”, reforça Bia.

Esse é o verdadeiro clima que um mini wedding deve ter!

Qual o melhor espaço para realizar o mini wedding

Pensando nesse formato menor, o ideal é você procurar por espaços de casamento pequenos, mas que tenham a cara do casal.

Mas também vale fazer uma pesquisa de logística para os seus convidados, se os fornecedores que vocês dois têm em mente conseguirão trabalhar dentro daquele local e se as datas são as que vocês sempre sonharam.

Clique aqui e confira este local para mini wedding em São Paulo!

Claudia enfatiza que poder escolher datas alternativas e com o melhor custo benefício, por exemplo, como um dia de semana ou os domingos, é uma grande vantagem para a escolha do lugar.

” É preciso ser criativo nessas horas, especialmente na pandemia. Não dá para fazer algumas coisas do mesmo jeito que antes, vamos inovar.”

Decoração de Mini Wedding: Como fazer?

Da mesma forma, como a festa acontece de forma mais elaborada pelos detalhes, Bia conta que sente que os noivos realmente percebem e aproveitam a presença de todos os convidados.

Expert no assunto, a decoradora elenca que vê necessidade de o casal ter uma mesa de bolo de 3 metros, por exemplo.

“Acredito também  que o casal pode pensar em um lounge maior, mesas bistrôs soltas pela festa, pensar uma festa mais volante, sabe?”, afirma ela.

Confira a seleção Lejour de empresas de decoração de casamento que podem te ajudar!

Estratégias essas que podem até ajudar a diminuir os custos finais

“Não pensar em mesas e cadeiras para todos os convidados pode diminuir a quantidade de itens locados e pode resultar em um projeto muito bacana, versátil e adequado”, reconhece Bia.

Existem pacotes para Mini Wedding?

Sim, existem pacotes prontos. Porém, a maleabilidade deles, ou seja, a forma como você vai escolher os detalhes e personalizar a ocasião será restrita.

Foto: Freepik.com

Sendo assim, uma das vantagens é o preço fechado, que te dá uma ideia do investimento total, algo que, em muitos casos, fica mais difícil de prever e pode ultrapassar os valores imaginados antes do planejamento.

“Eu confesso que não gosto de pacotes. Prefiro eventos personalizados e com identidade. Cada casal tem uma história e uma necessidade e, portanto, são únicos e devem ser tratados como tal”, defende Claudia.

Assim como todo o processo, a procura precisa ser intensa e o questionamento do casal também. Converse com seus fornecedores para entender o que eles têm para oferecer no momento!

Sobre o Lejour

Por fim, o Lejour é uma plataforma gratuita que ajuda a planejar o seu casamento, onde criamos ferramentas inéditas para definir orçamento, encontrar fornecedores de confianças e ainda contratar tudo com segurança e tranquilidade.

Nós podemos ajudar em sua jornada do mini weddingConverse com o time de especialistas.

Por Equipe Lejour