Foto: WAYHOME studio/Shutterstock

O smartphone é um dos eletrônicos mais utilizados no dia a dia – seja oara diversão, para acessar apps bancários ou para o trabalho. No entanto, nem sempre a bateria consegue acompanhar todas essas necessidades. O blog traz quatro dicas que vão te ajudar a otimizar e manter o aparelho longe da tomada por mais tempo. 

Ajuste o brilho e tempo limite da tela

Muita gente não sabe, mas a tela é o componente que mais “suga” energia do smartphone. Quanto menor o brilho e o tempo de tela ligado quando ele não está em uso, menor é o consumo de bateria. Prefira configurar com uma intensidade que permita uma boa visualização, mas sem excessos, e utilize configurações de ajuste automático conforme a luminosidade do ambiente sempre que elas estiverem disponíveis. 

Reduza os recursos de conexão 

Bluetooth, NFC, assistentes de voz, Quick Share e similares são bastante úteis para conexão entre aparelhos, mas também consomem muita bateria quando estão rodando em segundo plano. Para evitar um consumo excessivo, vale ligar esses recursos apenas na hora do uso. 

Personalize as notificações de seus apps

E-mails e programas de mensagens precisam estar sempre ativos para uma boa comunicação, no entanto, isso não se aplica aos demais apps. Para salvar bateria e ainda evitar interrupções desnecessárias, acesse as configurações do seu smartphone e personalize as notificações dos aplicativos para desligar a conexão e uso em segundo plano. Dessa forma, você passa a rodar essas aplicações apenas quando for utilizá-las.

Desligue a vibração 

Você sempre deixa o smartphone para vibrar? Então saiba que isso colabora – e muito – para a pouca duração da bateria. Para conseguir criar um movimento perceptível, esse motor precisa ser potente, consumindo muita energia. Sempre que possível, mantenha as notificações sonoras.