Varanda pequena também pode ser charmosa e funcional. Foto: Look Studio/Shutterstock

Você sabia que mesmo uma varanda pequena pode ser convertida no local mais especial da casa? A arquiteta Flávia Lauzana dá dicas de como aproveitar ao máximo esse espaço para deixá-lo confortável, prático e, claro, cheio de estilo! 

“Mesmo que a sua varanda seja pequena, aproveite e faça dela o lugar mais gostoso da casa, porque é uma área realmente bastante especial para ter contato com o lado de fora e trazer um pouco da natureza para dentro de casa”, indica. 

Foto: StockOption/Shutterstock

Verticalize as plantas

Toda varanda pede plantas para trazer mais vida ao ambiente, e é possível investir nelas mesmo tendo pouquíssima metragem. “Verticalizar, colocando os vasos fixados na parede, ou usar o teto são ótimas opções. Fica visualmente bonito, e você ainda deixa o chão livre para trazer outros objetos. Se for apostar em uma parede verde tradicional, o único cuidado está em puxar um ponto de água para facilitar a manutenção e a rega”, explica. 

Foto: xujun/Shutterstock

Aposte em objetos práticos e multifuncionais

Nem sempre é possível trazer mais de um assento, mesas e outros detalhes de decoração em uma varanda pequena – portanto o ideal é investir em peças que possam acumular mais de uma função. “É interessante ter mesinhas que sirvam de banquinho quando receber visitas, puffes que tenham baú embaixo e objetos que permitam mais possibilidades. Também vale tomar o cuidado de investir em peças que sejam leves, porque isso permite que você movimente tudo pelo espaço com muito mais facilidade”, aponta. 

Invista em móveis planejados

Outra ótima maneira de aproveitar ao máximo a metragem é apostar nos móveis planejados e pensados especificamente para o seu espaço, de maneira que todas as suas necessidades sejam atendidas. “Quanto menor é a varanda, mais essa marcenaria se torna aliada. Principalmente quando temos plantas que não são retas e que pedem uma personalização maior para aproveitar cada cantinho”, garante a especialista. 

Foto: Photographee.eu/Shutterstock

Tenha tecidos apropriados

Outro ponto de atenção em varandas pequenas é a maior exposição ao sol e chuva, já que nem sempre elas permitem o fechamento com vidro. “Como a maior parte está exposta, é importante pensarmos em tecidos com tecnologia acquablock e sunblock para que durem mais e permaneçam bonitos por muito tempo”, esclarece. 

Imprima a sua personalidade

Espaços pequenos não precisam ser sinônimos de sem graça: utilizando as paredes você consegue trazer charme e personalidade de maneira simples e sem prejudicar a circulação. “A varanda é um espaço que revela muito do seu hobby e das suas atividades, com objetos decorativos que remetem ao que você gosta e sua personalidade. Ela deve receber o mesmo capricho da sala, porque é um espaço que você vai utilizar bastante para relaxar. Nem sempre podemos trocar a iluminação, mas vale criar o cenário com spots nos seus vasos, luminárias de piso ou arandelas, quadros, fotos e o que mais te agradar e te der essa sensação de um espaço completo e personalizado”, reforça.

Foto: Mariia Korneeva/Shutterstock

Aproveite o chão

E, claro, quando a metragem é reduzida, é essencial priorizar poucos móveis e objetos de maneira que a circulação não fique prejudicada. Caso não seja possível trazer cadeiras e mesas padrão, uma boa pedida é tornar o chão mais aconchegante: “Neste, caso, eu gosto muito de criar um deck de madeira para trazer mais calor e conforto, e criar um local gostoso com almofadas e um tapete macio. É uma maneira de conseguir um espaço bacana para relaxar sem ficar preso à itens que ocupam uma área que você não tem e que vão dificultar a mobilidade.